Estudos bíblicos para pregadores e adoradores da palavra de Deus.



10 diferenças fundamentais do antigo e do novo testamento

A imagem mostra uma Bíblia aberta



    Entre o Antigo Testamento e o Novo Testamento há muito em comum, mas também há muitas diferenças. Por isso, ter uma boa compreensão sobre as duas principais divisões da Bíblia Sagrada é fundamental para termos um bom entendimento do que Deus quer nos falar através da sua Palavra.



Então, a seguir, vou falar sobre 10 diferenças fundamentais existentes entre as duas divisões da Bíblia.


Mas, antes de falar sobre essas diferenças, precisamos fazer algumas considerações iniciais:


  • A Bíblia tem duas divisões principais. O Antigo Testamento é a primeira maior divisão da Bíblia cristã. O Novo Testamento é a segunda maior divisão;
  • Deus não sofreu nem sombra de variação entre o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Ele permanece o mesmo;
  • A Bíblia tem uma única mensagem, apesar de existirem dois testamentos;
  • O Antigo Testamento não contradiz o Novo Testamento;
  • O Antigo Testamento antecipa e anuncia os acontecimentos do Novo Testamento;
  • O Antigo Testamento é um complemento do Novo Testamento (continuação da história da salvação);
  • O Antigo Testamento é reinterpretado pelo Novo Testamento;
  • O Novo Testamento tem o seu sentido, lucidez, clareza e significado encontrados no Antigo Testamento;
  • O Antigo Testamento é o Novo Testamento escondido e o Novo Testamento é o Antigo Testamento revelado;
  • A Bíblia é vista como um texto progressivo que evoluiu ao longo do tempo, portanto, o Novo Testamento é considerado baseado nos eventos, sistemas, pactos e promessas do Antigo Testamento ( o Novo Testamento é uma evolução do Antigo Testamento );
  • A humanidade não tinha maturidade para entender toda a revelação de Deus de uma só vez, motivo da revelação progressiva.



RECOMENDADO PARA VOCÊ:

Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?

Então clique aqui ou no botão abaixo e saiba como elaborar sermões impactantes em 30 dias até mesmo se você quer pregar pela primeira vez.






As 10 diferenças Fundamentais Existentes entre o Antigo Testamento e o Novo Testamento



Dadas as considerações iniciais, já podemos destacar as diferenças significativas entre o Antigo Testamento e o Novo Testamento.


Diferença na Narrativa (história)


O Antigo Testamento tem sua narrativa em torno de um povo (Judeus). O Novo Testamento tem sua narrativa em torno de um homem (Jesus).


Diferença no Período em que Foram Escritos


Os livros do Antigo Testamento foram escritos desde Moisés até aproximadamente 400 aC. São 1000 anos de história escrita sobre as ações de Deus na vida do povo judeu, descendente de Abraão. O Novo Testamento foi escrito entre os anos 50 e 100 de nossa era, retratando a vida terrena de Jesus e o crescimento da igreja primitiva.


Diferença no Foco


O Antigo Testamento coloca em evidência os atos poderosos de Deus, apontando para o Messias que viria. O Novo Testamento revela o Messias prometido do Antigo Testamento e seus ensinamentos como base para todo doutrina cristã.


As Profecias


A maioria das profecias do Antigo Testamento tem o seu cumprimento em um futuro distante. O Novo Testamento enfatiza o cumprimento das profecias do Antigo Testamento, sobretudo na vida de Jesus, o Messias prometido.


Diferença na Realização da Adoração


O Tabernáculo ou Templo foram o lugar central da adoração no Antigo Testamento. O Novo Testamento apresenta uma nova perspectiva de adoração cujo foco e lugar central da adoração é Cristo. Jesus disse a mulher samaritana que os verdadeiros adoradores adorariam ao Pai em espírito e em verdade.


Diferença no Pacto


O Antigo Testamento enfatiza a aliança da Lei dada a Moisés. O Novo Testamento é o estabelecimento de uma nova lei em que Jesus é o cumprimento da mesma. A salvação não é mais condicionada aos cumprimentos ritualísticos da Lei, mas a salvação pela fé em Cristo. Não mais um povo (judeus) escolhido, mas todos quantos creem no seu nome e no sacrifício.


Diferença no Tamanho


O Antigo Testamento contém trinta e nove livros que representam três quartos de toda a Bíblia. O Novo Testamento compreende vinte e sete livros, contendo quatro evangelhos, um livro de história (Atos) e vinte e uma cartas e profecia (Apocalipse).


Sistema Sacrificial


O Antigo Testamento descreve o sistema sacrificial que os israelitas receberam para encobrir seus pecados por um período temporário, enquanto o Novo Testamento esclarece que o sistema do Antigo Testamento realmente se refere ao sacrifício de Cristo, somente através de quem a salvação é possível.


Os Mandamentos


O Antigo Testamento dá os mandamentos e relaciona bênçãos e maldições, enquanto o Novo Testamento esclarece que Deus concedeu os preciosos mandamentos como se referindo a uma necessidade de salvação e nunca a meios de salvação somente.


Temporalidade


O Antigo Testamento era preparatório, temporário e limitado. O Novo é completo, eterno e universal.





IMPORTANTE!

Antes de sair desta página, me responda se você gostaria de saber…


Como entender a Bíblia para pregar;

Como extrair lições do texto;

Como começar, desenvolver e terminar o sermão;

Como usar ilustrações;

Como pregar com mais liberdade e desenvoltura;

Como memorizar o sermão e não ficar preso a ele;

Como controlar o nervosismo.


Então, para pessoas especiais como você, que busca realizar aquilo que sente no coração, existe um material incrível, onde é ensinado passo a passo tudo sobre elaboração de sermões impactantes e como pregar com mais liberdade e desenvoltura.

Para acessá-lobasta clicar no botão abaixo e se preparar para conhecer algo que vai transformar para sempre as suas pregações.





Postar um comentário
0 Comentários