Salmo 79: Um clamor por misericórdia e restauração

A imagem mostra um menino de cabelos cacheados, sentado na grama, em um dia ensolarado, lendo o livro dos salmos na companhia de um pássaro. E a capa do estudo bíblico - Um clamor por misericórdia e restauração.

Explore a profunda oração do Salmo 79 e descubra o poder da misericórdia e restauração de Deus em tempos difíceis.



Salmo 79: Estudo bíblico completo

O Salmo 79 é um salmo de Asafe que expressa um clamor de lamentação diante da destruição e do sofrimento experimentados pelo povo de Israel. Neste salmo, vamos analisar cada versículo do Salmo 79 e refletir sobre seu significado e interpretação.


Versículo 1: "Ó Deus, as nações invadiram a tua herança, profanaram o teu santo templo, reduziram Jerusalém a ruínas."

O salmista começa o salmo reconhecendo a situação de devastação que o povo de Israel enfrenta. Naquele momento, nações estrangeiras invadiram a terra e profanaram o templo. Essa abertura mostra a angústia e a necessidade de intervenção divina.


Versículo 2: "Deram os corpos dos teus servos por comida às aves dos céus, a carne dos teus santos aos animais da terra."

O salmista descreve a crueldade dos inimigos de Israel, que desonraram os mortos, deixando seus corpos expostos e sem sepultura adequada. Essa imagem dramática revela a indignação do salmista e sua esperança em Deus como o defensor do seu povo.


Versículo 3: "Derramaram o sangue deles como água em redor de Jerusalém, e não houve quem os sepultasse."

O salmista lamenta o derramamento de sangue do povo de Israel, que foi derramado como água e não recebeu o devido respeito e honra. A falta de sepultura adequada acrescenta à tragédia e ao desespero expressos no salmo.


Versículo 4: "Somos objeto de desprezo para os nossos vizinhos; de zombaria e escárnio para os que nos rodeiam."

O salmista compartilha a forma como Israel se tornou objeto de desprezo e escárnio entre as nações vizinhas. Isso causa uma sensação de isolamento e humilhação, ampliando o sofrimento do povo.


Versículo 5: "Até quando, Senhor? Acaso te indignarás para sempre? Arderá o teu zelo como fogo?"

O salmista faz uma súplica a Deus, questionando por quanto tempo Ele permitirá que o sofrimento do povo continue e se Sua ira durará para sempre. O salmista anseia pela manifestação do zelo de Deus para trazer justiça e restauração.


Versículo 6: "Derrama a tua ira sobre as nações que não te conhecem e sobre os reinos que não invocam o teu nome."

O salmista clama a Deus para que Ele manifeste Sua ira sobre as nações que não O conhecem e não invocam o Seu nome. É um apelo por justiça divina diante da injustiça e da opressão sofrida por Israel.


Versículo 7: "Pois devoraram Jacó e arrasaram as suas moradas."

O salmista descreve a ação dos inimigos de Israel, que devoraram o povo como se fossem presas e destruíram suas casas. Essa imagem evoca a devastação e a necessidade de intervenção divina.


Versículo 8: "Não nos lembres as iniqüidades passadas; venha-nos ao encontro logo a tua misericórdia, pois estamos muito abatidos."

O salmista reconhece a culpa e pede a Deus que não Se lembre das iniquidades do passado. Ele implora pela misericórdia divina, considerando a situação desoladora em que o povo se encontra.


Versículo 9: "Ajuda-nos, ó Deus da nossa salvação, pela glória do teu nome; livra-nos e perdoa os nossos pecados, por amor do teu nome."

O salmista apela a Deus como o Deus da salvação, pedindo por ajuda, livramento e perdão dos pecados. Ele reconhece a soberania de Deus e implora por intervenção com base na glória do Seu nome.


Versículo 10: "Porque diriam as nações: Onde está o seu Deus? Torne-se manifesta entre as nações, à nossa vista, a vingança do sangue dos teus servos, que foi derramado."

O salmista clama por uma intervenção divina que seja evidente para as nações, a fim de que elas testemunhem a vingança pelo sangue derramado dos servos de Deus. Isso busca a vindicação do povo de Israel diante de seus inimigos.


Conclusão: O Salmo 79 é um clamor de lamentação e súplica diante da destruição e do sofrimento enfrentados pelo povo de Israel. O salmista expressa a angústia, o desespero e a necessidade de intervenção divina. Ao mesmo tempo, há um reconhecimento da soberania de Deus, da Sua misericórdia e da esperança na Sua justiça. Esse salmo nos ensina a levar nossos clamores e tristezas a Deus, confiando em Sua intervenção e buscando a restauração e a redenção em meio às adversidades. Que possamos encontrar conforto e esperança em Deus, sabendo que Ele é o nosso refúgio e socorro em tempos difíceis.


RECADO IMPORTANTE!

Transforme sua vida espiritual com o curso Interpretação Bíblica: Gênesis a Apocalipse.

Clique agora e aprenda a interpretar corretamente as Escrituras Sagradas, aplicando seus ensinamentos em sua vida diária. Não perca mais tempo, comece agora mesmo!

Clique aqui para saber mais



Explore o #salmo 79 como um #clamor  sincero por #misericordia diante da #desolação e da #destruição 
#restauração #divina Aprenda sobre a #esperança e a #confiança na restauração divina expressas no #salmo79
#arrependimento e #súplica Descubra como o #salmos79 nos lembra da importância do #arrependimento e da súplica diante de #deus em tempos de #adversidades
Explore a #mensagem de #renovação e #esperança encontrada no Salmo 79, mesmo em meio às circunstâncias mais #difíceis


@Missionarios.top (17/07/2023)