Estudos bíblicos para pregadores e adoradores da palavra de Deus.



A antiga e a nova aliança e suas diferenças

 A imagem mostra duas alianças sobre uma bíblia aberta

 

    Israel não tinha rei, não tinha policia, tudo era resolvido pelos sacerdotes. O regime era religioso, o governo era religioso. Daí a necessidade dessas leis, para eles terem ideia de povo de nação organizada, mas sobretudo, para eles terem a ideia sobre Deus, sua justiça, santidade. Se o governo era religioso, as leis também seriam religiosas.


Levítico é um livro que tem um caráter legislativo.


  • Se enganar o próximo, se achar o que não é seu e não devolver, se jurar falsamente terá que devolver o que roubou e ainda acrescentar 1/5 (6:1-5);
  • Quem comer gordura de boi, carneiro ou cabrito será morto (7:23, 25);
  • Quem comer sangue será morto (7:26);
  • Não pode comer animal que tenha casco fendido e que rumina (11:3);
  • Não pode comer peixe com barbatanas ou sem escamas (11:10);
  • Quem se volta para consultar espíritos deve ser eliminado do povo (20:6);
  • Quem amaldiçoar pai ou mãe deve morrer (20:9);
  • Quem adultera seja homem ou mulher deve morrer (20:10);
  • Se um homem se deitar com outro homem merecem morte (20:13);
  • Se deitar com uma mulher menstruada deve morrer ambos (20:18);
  • O sacerdote não podia casar com divorciada ou sem ser virgem (21:7);
  • Se a filha do sacerdote se prostituir deve ser morta (21:9);
  • O sacerdote não pode fazer velório nem do pai ou da mãe (21:11);
  • Quem tinha defeito físico era discriminado diante de Deus (21:17-) – talvez seja por isso que Jesus fez questão de curar muitos paralíticos, cochos, gente com defeitos físicos.


As leis registradas em Levítico são duras, impossíveis de serem aplicadas nos dias de hoje, e muito menos, no reino de Deus porque ele exige uma nova aliança.


Havia necessidade de uma nova aliança a fim de que a velha aliança fosse removida e desse espaço pra nova.


O problema é que insistimos em manter a velha aliança pois julgamos ser a nova muito leve, muito boazinha. Nós gostamos mesmo é do castigo, da taca e não do amor e da graça de Deus.


A velha aliança atende os nossos parâmetros morais e religiosos. Atende a nossa sede de justiça, de devolver o mal com o mal e sobretudo porque quando punimos alguém aplacamos a culpa dos nossos desvios morais e de caráter.




RECOMENDADO PARA VOCÊ:

Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?

Então clique aqui ou no botão abaixo e saiba como elaborar sermões impactantes em 30 dias até mesmo se você quer pregar pela primeira vez.








A boa notícia: A nova aliança veio e foi feita por Jesus


O fim a lei é Cristo (Rm 10:4)

Mudou o sacerdote mudou a aliança (Hb 7:12).

A velha aliança era passageira, apenas sombra do que haveria de vir (Hb 7:18,19).


A antiga aliança precisava de um tabernáculo, um sacerdote, um templo, um dia e sacrifícios, assim como precisava de muitas regras, deveres e obrigações radicais.


Vivemos na nova aliança:

 

O templo somos nós,
O sumo sacerdote é Jesus,
Somos um reino de sacerdotes,
O dia é hoje,
O sacrifício feito feito definitivamente, por Jesus.


Não há mais tábuas da lei, Jesus é o verbo vivo, a palavra viva.


A nova aliança tem a ver com a lei do amor, da graça, da misericórdia e do perdão inscrita na mente e no coração.


Não precisamos de regras para controlar o comportamento.


Precisamos de uma nova consciência e assim não precisaremos que alguém diga o que devemos ou não fazer (1 Jo 2:27).


A nova aliança é inscrita no interior de cada um pelo Espírito de Deus e assim, quem permite tal inscrita, será guiado por uma nova consciência.


O desafio é manter a consciência limpa (1 Tm 3:9).


Fomos purificados da má consciência (Hb 10:22).


Antes a velha aliança foi resumida por Jesus em dois mandamentos:


Amar a Deus acima de todas as coisas.


Amar ao próximo como se fosse você mesmo.


Jesus porem nos trouxe um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.


Quem é de Deus ama. Quem não é de Deus não ama.


Quem é discípulo de Jesus busca obedecer a nova aliança.


32 Diferenças entre a Antiga e a Nova Aliança



  1. A antiga aliança veio por Moisés, enquanto a nova aliança veio por Jesus Cristo ( João 1:17 );
  2. A antiga aliança leva à morte (mata), enquanto a nova aliança dá vida ( 2 Cor 3: 6 );
  3. A antiga aliança foi concluída por Jesus Cristo ( Romanos 10: 4 ), enquanto a nova aliança foi estabelecida por Jesus Cristo ( Hb 8: 6 );
  4. A antiga aliança escraviza ( Gálatas 5: 1 ), enquanto a nova aliança torna o homem livre (dá liberdade) ( João 8:32, 36 );
  5. A antiga aliança deixa o homem imperfeito, enquanto a nova aliança deixa o homem perfeito ( Hb 7:19 );
  6. A antiga aliança expõe o pecado ( Gl 3:19 ), enquanto a nova aliança cobre o pecado ( Romanos 4: 1-8 );
  7. A antiga aliança não pode dar vida ( 2 cor 3.7 ) enquanto a nova aliança dá vida ( Gl 3.11, 6: 8 );
  8. A antiga aliança foi abolida, enquanto a nova aliança está em vigor ( Ef 2: 15 );
  9. A antiga aliança traz uma maldição ( Gl 3:10 ), enquanto a nova aliança redime da maldição ( Gl 3:13 );
  10. Na antiga aliança, a vida é pelas obras, enquanto na nova aliança a vida é pela fé ( Gl 3: 10-11 );
  11. A antiga aliança é uma sombra ( Cl 2: 14-17 ), enquanto a nova aliança é a realidade ( Hb 10: 1-18 );
  12. A antiga aliança é uma glória coberta, enquanto a nova aliança é a glória descoberta (2Co 3:13 );
  13. A antiga aliança tinha muitos sumos sacerdotes ( Hebreus 7:23 ), enquanto a nova aliança tinha apenas um sumo sacerdote (Jesus Cristo) ( Hb 7: 24-28 );
  14. A antiga aliança tinha sacerdote terreno ( Hb 5: 1-4 ), enquanto a nova aliança tinha sacerdote celestial ( Hb 9:24, 10:12 );
  15. A antiga aliança faz sacerdote por lei, enquanto a nova aliança faz sacerdotes por juramento ( Hb 7: 12,28 );
  16. A antiga aliança tinha tabernáculo terrestre ( Hb 9: 2 ), enquanto a nova aliança tinha tabernáculo celestial ( Hb 8: 2 );
  17. No sacerdócio da antiga aliança estava na linhagem de Arão, enquanto o sacerdócio da nova aliança está na linhagem de Melquisedeque ( Hb 7: 11,21 );
  18. Na antiga aliança sacerdotes (sumo sacerdote) eram pecadores ( Hb 5: 1-4 ), enquanto na nova aliança o sacerdote não tem pecado (Jesus Cristo) ( Hb 7:26 );
  19. A antiga aliança teve seu fim ( Mateus 5: 17-18 ), enquanto a nova aliança está agora em vigor ( Hb 8: 6, 10: 9 );
  20. Na antiga aliança, a lei foi escrita em tábuas de pedra, enquanto na nova aliança, a lei está escrita no coração ( Jeremias 31:33 );
  21. No antiga aliança, a Arca da Aliança estava presente como um sinal de salvação enquanto na nova aliança a salvação é pela graça através da fé;
  22. A antiga aliança exigia obras, enquanto a nova aliança exige apenas obediência;
  23. No passado, Moisés e profetas eram mediadores, enquanto no novo pacto, Jesus Cristo é o mediador;
  24. O antigo pacto é um pacto de carta, enquanto o novo pacto é um pacto de espírito;
  25. A antiga aliança uma oferta precisava ser oferecida pelo pecado, enquanto na nova aliança, Jesus é a oferta perfeita pelo pecado;
  26. A antiga aliança precisava de sacrifícios e ordenanças, enquanto a nova aliança precisa de coração quebrantado;
  27. Na antiga aliança, o tabernáculo foi feito pelo homem, enquanto na nova aliança, o tabernáculo é o próprio homem;
  28. Na antiga aliança, a lembrança do pecado era feita anualmente, enquanto na nova aliança, o perdão e a lavagem do pecado foi feito de uma vez por todas;
  29. A antiga aliança lembra o pecado ( Hb 10: 3 ), enquanto a nova aliança não se lembra mais do pecado ( Hb 8:12, 10:17 );
  30. A antiga aliança é um ministério da morte, enquanto a nova aliança é um ministério de vida ( 2 Cor 3: 6-7 );
  31. A antiga aliança foi escrita com tinta, enquanto a nova aliança é escrita pelo Espírito de Deus ( 2 Cor 3: 3 );
  32. A antiga aliança é somente para os israelitas ( Dt 4: 7-8 ), enquanto a nova aliança é para todos os homens ( Lc 22:20 ).





IMPORTANTE!

Antes de sair desta página, me responda se você gostaria de saber…

✔ Como entender a Bíblia para pregar;

✔ Como extrair lições do texto;

✔ Como começar, desenvolver e terminar o sermão;

✔ Como usar ilustrações;

✔ Como pregar com mais liberdade e desenvoltura;

✔ Como memorizar o sermão e não ficar preso a ele;

✔ Como controlar o nervosismo.


Então, para pessoas especiais como você, que busca realizar aquilo que sente no coração, existe um material incrível, onde é ensinado passo a passo tudo sobre elaboração de sermões impactantes e como pregar com mais liberdade e desenvoltura.

Para acessá-lobasta clicar no botão abaixo e se preparar para conhecer algo que vai transformar para sempre as suas pregações.







Postar um comentário
0 Comentários